sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Formação no trabalho

Formação no trabalho é uma experiência de aprendizagem que procura uma mudança (nas competências, conhecimentos, atitudes e comportamentos) que melhora o desempenho no trabalho.
Significa mudar o que uma pessoa já sabe, mudar a forma como trabalha e a sua atitude em relação ao trabalho, aos colegas, gerentes e à organização.







Porquê formação?Quais os sinais que avisam a necessidade de uma formação?
1) Quais são as metas organizacionais?
2) Que tarefas devem ser completadas para atingir as metas?
3) Que comportamentos são necessários para cada função e para cada tarefa?
4) Quais são as falhas nas competências, conhecimentos ou habilidades que não permitem executar os comportamentos necessários para cada função?

Após ser feito o levantamento das necessidades da formação e a realização da própria formação, como sabemos que foi eficaz? O investimento feito pela empresa na formação foi benéfico?
Tem de haver uma relação entre a eficácia-custo, isto é, os benefícios ganhos têm de ser pesados com os custos da formação, através da medição do aumento ou diminuição nos:
- custos
- vendas
- produção
- rendimento (€) do funcionário

Os RH calculam o retorno do investimento (ROI) ao determinar os benefícios da formação e dividi-los pelo custo da mesma. Por exemplo: com a formação o funcionário é capaz de fazer mais 5 entregas por dia.


Uma formação não envolve apenas as sessões de formação. Tem de ser feita uma análise das necessidades de formação (perceber o valor de uma competência, conhecimento, atitude ou comportamento para uma determinada empresa) e após a formação perceber se o investimento feito trouxe mais produtividade à empresa.


In "Fundamentals of Human Resource Management"